top of page

Por que Sempre Atins?

Criamos cavalos próprios para as cavalgadas nos Lençóis Maranhenses, garantindo animais especialmente tratados e treinados para os passeios. Isso é desafiador na região devido à falta de condições para criar animais. A falta de valor nutricional nas pastagens obriga-nos a fornecer uma alimentação complementada com suplementos. Infelizmente, só é possível abastecer estes alimentos equilibrados (milho, trigo e soja) em Barreirinhas, o que aumenta os custos devido ao transporte (por barco ou quadriciclo). Temos programas de alimentação bem organizados. Como a grama natural não é muito rica em nutrientes, cultivamos áreas de pastagens sustentáveis ​​em solos úmidos mais ricos ou enriquecidos com calcário e marinadas. Esta grama só pode ser cortada e manejada nas cavalariças para os animais.


Adicionando a essas dificuldades, há também a falta de água durante a época de seca. Por esse motivo, construímos nossa própria cisterna de 50.000 litros, para coletar toda a água necessária para os nossos cavalos durante o período de trabalho nas chuvas. Desta forma, garantimos que seus cavalos estejam bem hidratados durante seu passeio no deserto. Em breve, teremos também um moinho de vento para extrair água de maneira totalmente ecológica, que será integrado ao sistema de irrigação do campo. Planejamos construir o primeiro galinheiro e horta para produção orgânica de alimentos que serão utilizados durante nossos almoços durante as caminhadas. Além disso, um sistema interligado de aproveitamento e reciclagem de resíduos gerados por cada atividade torna o projeto mais sustentável e harmônico com a natureza. Ao reservar uma cavalgada conosco, você também estará nos ajudando a promover um turismo mais consciente e ecológico.


Somos os únicos que vivemos o ano inteiro em Atins e cavalgamos todos os dias, por isso podemos oferecer os melhores e mais incríveis trajetos em cada estação, dependendo das condições climáticas e das mudanças nas características geográficas causadas pela chuva ou vento, que transformam totalmente as dunas. Visitamos as mais variadas formações e áreas dentro do Parque Nacional, como vegetação, dunas, lagoas e vilas, tornando a experiência mais vivencial e integrada com a natureza e cultura. Aprendemos com a natureza um modo de vida mais natural e orgânico, desde a forma de dormir e se alimentar, o trabalho em equipe, a criação de animais de fazenda e de subsistência; as simples hortas de ervas e vegetais; o uso de frutas silvestres como Mirim, Caju e Coco; as diversas formas de utilização da mandioca, álcool TIQUIRA, amido TAPIOCA e farinha, que são fundamentais para a FAROFA. Queremos mostrar e preservar a beleza deste lugar e a cultura antiga que o habita, por isso, venha compartilhar com a gente esta paixão e responsabilidade.



10 visualizaciones0 comentarios

Entradas Recientes

Ver todo

Commenti


bottom of page